domingo, março 26, 2006

A Hora do Espanto 2

A Hora do Espanto 2 (Fright Night Part 2, EUA, 1988)

Obviamente, depois do enorme sucesso que o primeiro filme fez (sendo responsável pela enxurrada de “A Hora de Alguma Coisa” nos títulos em português de muitos filmes lançados no Brasil na época), os produtores iriam tentar arrancar mais uma graninha dos espectadores que lotaram os cinemas. Como quase sempre acontece, a seqüência perde em qualidade e ganha em mesmice.
Peter Vincent (Roddy McDowall, impagável e a melhor coisa do filme) e Charlie Brewster (William Ragsdale, ma o meno), a dupla de matadores de vampiros do filme original, está tentando se recuperar dos eventos vividos na luta contra o vampirão Jerry Dandridge. Charlie está se esforçando para ter boas notas na faculdade e conta com a terapia para se levantar, com a mais que bem-vinda ajuda de Alex (Traci Lin, um bonito bibelozinho) e Peter segue com seu show de TV, mais esquecido e exagerado do que nunca. Tudo parece se encaminhar bem, quando chega à cidade a performer Regine (Julie Carmen, bem canastrona), famosa por seus números de vampiro e rouba o lugar de Peter no programa.
Regine é irmã de Jerry e quer se vingar da dupla, transformando Charlie em vampiro, para que possa torturá-lo para sempre e enlouquecendo Peter, com a ajuda de seus asseclas Belle, Louie e Bosworth (Russell Clark, andrógino e esquisitão; Jon Gries, somente esquisitão e Brian Thompson, como sempre, grandalhão e mau ator).
O roteiro limita-se a repetir o esquema do primeiro filme, sem o mesmo frescor e clima de tensão, com o diretor Wallace deixando a história correr frouxa (nem parece que aprendeu tudo com o mestre do gênero John Carpenter, que mesmo em seus momentos ruins garantia a diversão) e sem muito interesse para o espectador, exceto com Roddy McDowall em cena, o que garante boas risadas e situações legais. Uma pena que tal aconteça, pois a equipe técnica entrega ótimos efeitos especiais e tonéis de sangueira, o que é sempre divertido.
Em suma, somente recomendável para fãs de terror em geral e para quem gostou do primeiro filme. E somente com muita boa vontade e tempo sobrando...

Elenco: Roddy McDowall (Peter Vincent), William Ragsdale (Charlie Brewster), Traci Lin (Alex), Julie Carmen (Regine Dandridge), Jonathan Gries (Louie), Russell Clark (Belle), Brian Thompson (Bosworth), Merritt Butrick (Richie), Ernie Sabella (Dr. Harrison), Matt Landers (Mel), Josh Richman (Fritzy), Karen Anders (Sra. Stern), Rochelle Ashana (Estudante de Arte), Blair Tefkin (Bernice), Alexander Folk (Sargento), Scanlon Gail (Chefe de Turno), Grant Owens (Carcereiro), John Lafayette (Barman), Gary Allen (Sr, Newberry), Neith Hunter (Admirador), Ed Quinlan (Apresentador de TV), Jennifer Joan Taylor (Secretária), Jill Augustine (Estudante), gar Campbell (Diretor), Ed Corbett (Contra-regra), Robert Jenkins (2º Contra-regra) e David Efron (Zelador).

Diretor: Tommy Lee Wallace; Roteiro: Tim Metcalfe, Miguel Tejada-Flores e Tommy Lee Wallace, baseados em personagens criados por Tom Holland; Produção: Mort Engelberg, Herb Jaffe e Miguel Tejada-Flores; Produção Executiva: Jeffrey Sudzin; Trilha Sonora: Brad Fiedel; Direção de Fotografia: Mark Irwin; Edição; Jay Lash Cassidy; Elenco: Nina Axelrod; Design de Produção: Dean Tschetter; Direção de Arte: Randy Moore; Cenários: Michele Starbuck; Figurinos: Joseph A. Porro; Maquiagem: Teresa M. Austin e Lilly Benyair-Gart; Efeitos de Maquiagem: Greg Cannom, Bart Mixon, Richard Snell e Brian Wade; Som: Dane A. Davis; Efeitos Sonoros: John Kwiatkowski; Efeitos Especiais: Rick Josephsen; Efeitos Visuais: Leslie Huntley, Michael Joyce e Gene Warren Jr.

Nenhum comentário: